terça-feira, 29 de outubro de 2013

COSTELETAS GRELHADAS COM TOQUE DE PIRI-PIRI COM LIMÃO PALADIN

Simples, saborosa, rápida de confeccionar e para degustar com todo o tempo do mundo, com uma boa companhia.



INGREDIENTES - 2 pessoas:

PREPARAÇÃO:
  1. Comece por preparar as brasas para grelhar as costeletas;
  2. Faça a salada de tomate, adicione a cebola cortada em rodelas, tempere com flor de sal e azeite a gosto;
  3. Coloque as costeletas sobre a grelha bem quente, tempere com sal tradicional e grelhe a carne a gosto, eu gosto dela mal passada;
  4. No final pincele com piri-piri com limão;
  5. Sirva com a salada de tomate e batata cozida ou frita.

NESTA RECEITA UTILIZEI:


quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Du Bois de la Roche

Du Bois de la Roche é a mais recente parceria do meu blog


É uma empresa de origem francesa, com sede em Portugal desde 1980, que sempre esteve empenhada em conservar a tradição e valores familiares. 

Du Bois de la Roche tem conquistado, ao longo dos anos, um nível de reconhecimento que lhe permitiu a criação de uma identidade muito própria e profundamente enraizada nos mercados onde se encontra presente.

O seu dinamismo empresarial, aliado a um profundo conhecimento da indústria Agro alimentar, tem permitido à Du Bois de la Roche acompanhar as tendências do seu setor de atividade e responder de forma eficiente aos desafios que lhe são colocados.

A empresa procura, assim, melhorar continuamente oferecendo produtos de qualidade adaptados às exigências dos consumidores.
José Louis Dubois, o fundador da empresa iniciou nos anos 50 um negócio familiar de produção de bolachas numa pequena vila francesa com o nome de Le Bois de la Roche, próximo da cidade de Angoulême.
Em 1963 inaugura em St. Yrieix (Angoulême) uma fábrica especializada na produção de Sortidos.

Não passou muito tempo e o fundador José Luis Dubois criou duas receitas de folhados únicos, conhecidos internacionalmente como Palmiers e Allumettes.
Antecipando o crescimento económico que Portugal viria a conhecer nesta década, a família Dubois abriu no norte de Portugal (Maia), a sua primeira fábrica no exterior do território Francês
Em 1982 são feitas as primeiras produções portuguesas de Palmiers. Um produto chave no portefólio da empresa e que se manteve ao longo dos anos como líder de mercado na sua categoria.
A inovação na produção industrial de Palmiers não pára e em 1984 surgem os Palmiers com sabores, introduzindo doce de fruta como recheio e surgiu uma nova variedade de Palmiers: os Palmiers Fruits recheados com doce de framboesa.



A variedade dos produtos Du Bois de la Roche continuaram a crescer. 



Em 2003 a empresa obteve a certificação da qualidade ISO 9001:2000 e HACCP, devido aos rigorosos métodos de controlo na produção dos seus produtos.
Na sequência do Sistema de Qualidade que a empresa implementou e devido à forte preocupação com a qualidade dos seus produtos, a Du Bois de la Roche obteve também a Certificação IFS (versão 5 – classificação higher level), tornando-a numa fábrica de excelência europeia. 
Presentemente a Du Bois de la Roche continua a ter uma visão estratégica global, investindo em novos processos, de modo a ganhar a confiança dos seus consumidores e clientes e a enfrentar os desafios que lhe são apresentados no dia a dia.

A qualidade e diversidade dos produtos Du Bois de la Roche são conhecidos por todo o mundo.

Quero agradecer à Du Bois de la Roche toda a simpatia e pelos excelentes produtos que me enviaram. 

Em breve partilharei convosco as receitas que farei com estes excelentes produtos.







segunda-feira, 14 de outubro de 2013

COM A VACA QUE RI SABE BEM REGRESSAR ÀS AULAS

Hoje a receita é para os nossos pequenotes, sendo também a minha participação ao desafio lançado pela "A Vaca que Ri". 

É um lanche nutritivo, que embora em pequenas quantidades contém:
  • Maçã, fonte de fibras e vitaminas B, C e E;
  • Uvas, fonte de vitamina C;
  • Cenoura, fonte de vitamina A, B e C;
  • Pipocas, rica em fibras e segundo um estudo recente da Universidade de Scranton, nos Estados Unidos é um excelente antioxidante;
  • Pão, fonte de fibras, pouca gordura e rico em minerais;
  • Queijo "A Vaca que Ri"rico em cálcio, proteínas, vitaminas A e B e contribui para uma alimentação completa, variada e equilibrada;

INGREDIENTES
  • 1 punhado de milho, para pipocas
  • 1 Maçã
  • 3 Fatias de pão de forma
  • 2 triângulos de queijo "A Vaca que Ri"
  • 2 Caixas individuais "Pik & Croq"
  • 1 cenoura pequena
  • 3 bagos pequenos e uvas
  • Creme fazer a porta e janelas, a seu gosto
  • Óleo q.b.
PREPARAÇÃO
  • Comece por fazer as pipocas, coloque um fio de óleo num tacho e leve ao lume;
  • Quando estiver quente junte o milho, coloque a tampa, com a ajuda de um pano, sacuda o tacho para soltar o milho;
  • Quando terminarem de abrir, retire-as para um prato;
  • Corte o pão, monte a casinha e barre-a com os triângulos de queijo "A Vaca que Ri";



  • Faça a porta e as janelas, com um creme mais escuro a seu gosto;
  • Para o telhado coloque 4 biscoitos barrados nas pontas com queijo Pik & Croq;

  • Com os biscoitos e o creme de queijo Pik & Croq elabore também a árvore, colocando nas suas extremidades um montinho de creme de queijo, onde irá colocar pequenos bagos de uvas e rodelas de cenoura;
  • Faça o sol com uma rodela de maçã e pequenos triângulos para fazer os seus raios;
  • Faça os seus olhos e boca com tirinhas de cenoura;
  • Com a ajuda de dois copos de diferentes tamanhos, faça duas rodelas de pão, monte o boneco de neve e barre-o com o queijo A Vaca que Ri;
  • O cascol, os botões e o nariz do boneco foram feitos com cenoura;
  • Para os olhos utilize duas pedacinhos de chocolate granulado;
  • A boca é feita com uma tira de casca de maçã;
  • Para imitar a neve coloque na base as pipocas; 
  • E para completar este lanche animado só falta a estrela na árvore, que é feita com um pedacinho de maçã.

Foi uma alegria ver a carinha do meu neto quando lhe apresentei este lanche e para mim foi como regredir nos anos e sonhar ser outra vez criança.

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

ARROZ DE PEIXE

O peixe tem um lugar especial na minha cozinha. 

Tinha no congelador filetes de peixe gato e com eles saiu este arroz. Nele utilizei o Tomate Refogado Compal da HortaArroz Bom Sucesso, Ervas e Especiarias da Margão e Sal Tradicional Marnoto que lhe deram uma cor luminosa, um sabor radioso e um toque muito especial. Aos três não me canso de agradecer os excelentes produtos que me enviaram. Temos no mercado produtos nacionais de grande qualidade.

INGREDIENTES - 4 pessoas

PREPARAÇÃO - Bimby
  1. Comece por colocar no copo a cenoura, o alho-francês, o cravinho, 20 g de azeite, a água, o sal e programe 15 Min/Varoma/Vel. colher;
  2. No final do tempo pique 8 Seg. e vá progressivamente até à Vel. 5;
  3. Coloque o cesto, o peixe e programe 10 Min/ 100º/ Vel. colher;
  4. Retire o peixe e o caldo e reserve;
  5. Já com o copo limpo, coloque dentro o alho, a malagueta, 20 g de azeite e o Tomate Refogado Compal da Horta e pique 8 Seg/ Vel. 5;
  6. Programe 3 Min/Varoma/ Vel. colher;
  7. Junte o arroz, 700 g do caldo da cozedura, o louro, a salsa e programe 17 Min/ 100º C/ colher invertida/ vel colher;
  8. A meio da cozedura retire a tampa e com a ajuda da espátula solte o arroz do fundo do copo, junte as delicias do mar cortada em pedaços e  se necessário rectifique os temperos;
  9. Retire coloque numa travessa funda, junte o peixe, envolva, polvilhe com os coentros e sirva de imediato.

PREPARAÇÃO - Tradicional
  1. Coloque num tacho a cenoura, o alho-francês, o cravinho, 20 g de azeite, a água, o sal e após levantar fervura, cozinhe durante 12 minutos;
  2. Triture com a ajuda da varinha mágica, adicione o peixe e deixe cozer durante 10 minutos;
  3. Retire o peixe e reserve;
  4. Num outro tacho coloque o alho e a malagueta bem picadinhos, junte o azeite e o Tomate Refogado Compal da Horta e apure sobre fogo médio, durante 3 minutos;
  5. Junte o arroz, 700 g do caldo de cozedura, o louro a salsa e cozinhe em fogo durante 12 minutos;
  6. Retire coloque numa travessa funda, junte o peixe, envolva, polvilhe com os coentros e sirva de imediato.
Nesta receita utilizei:

TOMATE REFOGADO COMPAL DA HORTA


ARROZ AGULHA - BOM SUCESSO


SAL MARINHO TRADICIONAL MARNOTO



segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Compal da Horta

Compal da Horta é a nova parceria do meu blog.




Produzidos há mais de 50 anos em Almeirim, os vegetais e polpas de tomate Compal da Horta têm uma longa história de vida! 

Ajudam-no a manter uma alimentação saudável e um equilíbrio nutricional e a confiança da marca Compal, oferece-lhe a garantia de qualidade e naturalidade.
Ofereça mais sabor aos seus pratos, com os nossos ingredientes e inspiração Portuguesa e dê vida às suas refeições em família!

Hoje trago-vos um dos seus produtos de excelência: 

 Tomate Refogado Compal da Horta





O Tomate Refogado Compal da Horta foi desenvolvido em parceria com o Azeite Gallo em 2011.

O Tomate Refogado Compal da Horta com Azeite Gallo é uma polpa temperada com elevado valor acrescentado, na qual juntámos o melhor do Tomate Compal à suavidade do Azeite Gallo virgem extra clássico. Temperámos com cebola, alho e orégãos, sem a adição de qualquer conservante.
Este é o fruto da longa experiência de duas marcas Portuguesas.
A relação com a marca Gallo pretende reforçar o pilar Portugalidade na marca Compal. Ambas as marcas assumem, há longa data, o posicionamento Portugalidade, tendo construído a sua imagem focada na a sua origem – 100% portuguesa.
1 garrafa de 500g = 10 Tomates
Já provei e aprovei, e aconselho-vos também a consumir este molho de tomate pronto a usar, que poupa no tempo e não altera o sabor das suas receitas.
Quero agradecer à Compal pela simpatia e pelos excelentes produtos que me enviaram.

Muito em breve irei partilhar convosco as receitas com estes produtos de excelência.



sábado, 5 de outubro de 2013

BISCOITOS DE LIMÃO

Esta é uma receita muito comum nas nossas cozinhas, mas por serem tão simples e saborosos, nunca param muito tempo na caixa dos biscoitos. Estes foram aromatizados com raspa de limão, mas podem substitui-lo por uma colher de chá de açúcar baunilhado.


INGREDIENTES:
  • 500 g de farinha de trigo
  • 180 g de manteiga á temperatura ambiente
  • 200 g de açúcar
  • 2 ovos
  • Casca de 1 limão ou 1 colher de chá de açúcar baunilhado Vahiné
  • 1 colher de chá de fermento em pó Vahiné

PREPARAÇÃO - Bimby
  1. Coloque a casca do limão no copo, pulverize 15 Seg/ Vel. 7;
  2. Adicione a manteiga, o açúcar, os ovos, o fermento e metade da farinha, programe 15 Seg/ Vel 6;
  3. Junte a restante farinha e programe 1 Minuto / Vel. espiga ;
  4. Coloque a massa num saco pasteleiro ou num dispara biscoitos, faça os biscoitos a seu gosto sobre uma folha de papel vegetal ou tabuleiro de silicone e leve ao forno pré-aquecido a 200º C, durante 8 a 10 minutos.