26 de julho de 2019

TARTE DE COCO


É uma tarte deliciosa e que fica com uma textura cremosa irresistível. Optei por fazer a massa da base, mas podem fazer com as massas de base prontas a cozinhar, como a massa tenra ou massa folhada. Segui a receita do Cookidoo, mas optei por reduzir no açúcar e na manteiga e acrescentei uma clara de ovo ao recheio, que sobrou da gema que usei para fazer a massa.



Ingredientes

    Massa
  • 220 g de farinha de trigo
  • 100 g de manteiga
  • 20 g de açúcar
  • 10 g de leite
  • 1 gema de ovo
    Recheio
  • 200 g de açúcar
  • 80 g de manteiga
  • 100 g de coco ralado, usei Vahiné
  • 3 ovos + 1 clara de ovo
  • 5 g de vinagre de sidra

Preparação
  • Forre o fundo de uma tarteira de fundo amovível, de 24 cm de diâmetro, com papel vegetal;
  • No copo da bimby coloque todos os ingredientes da massa, programe 10 seg/ velocidade 6, retire e deixe repousar cerca de 15 minutos;
  • Com a ajuda do rolo da massa, estenda a massa sobre a bancada polvilhada com farinha, forre a tarteira, pique o fundo com um garfo e leve ao forno pré-aquecido a 180º C cerca de 10 minutos;
  • Retire e deixe arrefecer;
  • No copo da bimby coloque a manteiga, programe 1 minuto e 30 seg./ 100º C/ vel. 1;
  • Junte o coco, os ovos, a clara de ovo, o açúcar, o vinagre de sidra e programe 30 seg./ vel. 4;
  • Deite sobre a tarte e leve ao forno pré-aquecido a 180º C durante 30 minutos, retire e deixe arrefecer, se desejar pode polvilhar com açúcar em pó.
Na receita utilizei coco ralado da Vahiné:




19 de julho de 2019

BOLO DE PÃO DE LÓ COM LEITE, NATAS E CHOCOLATE


Uma massa simples, com recheio de natas, chocolate e muita doçura. Foi este o bolo que fiz para comemorar o meu aniversário 🎀 60 primaveras 💚


Ingredientes

Para o bolo

  • 6 ovos
  • 240 g de açúcar
  • 2,5 dl de leite morno
  • 240 g de farinha de trigo
  • 1 Pitada de flor de sal, usei Marnoto
  • 1 colher de sopa de fermento em pó, usei Vahiné
  • Raspa de 1 limão
Creme de chocolate
  • 250 g de chocolate para culinária
  • 2,5 dl de natas
Creme de natas
Decoração
  • Suspiros
  • Açúcar dourado da Vahiné
  • Bombons a gosto

Preparação do bolo
  • Separe as gemas das claras, bata as claras em castelo, adicione aos poucos as gemas, o sal, a raspa do limão e o açúcar;
  • Acrescente o leite e envolva;
  • Adicione a farinha e o fermento peneirados, envolva delicadamente com uma colher de pau;
  • Coloque a massa numa forma redonda, 26 cm de diâmetro, com o fundo forrado com papel vegetal e untada com manteiga e polvilhada com farinha;
  • Leve ao forno pré-aquecido a 180º C cerca de 30 minutos;
  • Deixe arrefecer um pouco e corte o bolo em dois, reserve;


Preparação creme de natas
  • Bata as natas em chantily com o açúcar em pó, adicione o chantifix e bata mais um pouco, reserve no frigorífico;
Preparação do creme de chocolate
  • Deite as natas numa taça com o chocolate partido em pedaços, leve a aquecer em banho-maria, mexendo de vez em quando, quando a água começar a ferver retire do lume, envolva até formar um creme homogéneo, deixe arrefecer;




Montagem do bolo
  • Recheie a parte inferior do bolo com uma camada de creme de chocolate;
  • Por cima coloque uma camada de natas, a qual pode polvilhar com pedacinhos de chocolate;
  • Coloque a outra metade do bolo por cima, barre as laterais com creme de natas e cubra o topo do bolo com o restante creme de chocolate;
  • Decore com os suspiros, os bombons e polvilhe com o açúcar dourado;
  • Leve ao frigorífico até ao momento de servir;
Na receita utilizei estes produtos de excelente qualidade:



13 de julho de 2019

TARTE GELADA DE NATAS, CHOCOLATE, CARAMELO E BOLACHA


Agora que o calor chegou, também chegou a época dos gelados, são uma ótima sobremesa que todos apreciam.
Alterei a receita original em tarte gelada, que no blogue Churretes de chocolate é uma tarte de bolacha que não vai ao congelador. Acrescentei caramelo liquido à camada de chocolate, o chocolate de leite que utilizei foi com sabor a laranja e embebi as bolachas em café. Esta receita é muito versátil, podemos jogar muito com os sabores, adicionando morangos, framboesas, nozes, caramelo salgado, etc. 

Ingredientes para o gelado
  • Bolachas torradas rectangulares
  • Café quente para molhar as bolachas
  • 600 ml de natas com 35% MG
  • 125 g chocolate preto
  • 75 g de chocolate de leite com sabor a laranja
  • Caramelo liquido 
  • 50 g de açúcar em pó
Ingredientes para cobertura
  • 75 g de chocolate preto
  • 15 g de manteiga
  • Bolachas trituradas

Preparação do gelado
  • Comece por forrar uma forma de bolo inglês com película transparente, reserve;
  • Derreta, em banho-maria, os dois tipos de chocolate com 200 ml de natas, reserve até esfriar;
  • Bata as restantes natas com o açúcar, até obter chantily, reserve;

Montagem do gelado
  • Coloque o café num prato, para ir molhando as bolachas;
  • Colocar uma primeira camada de bolachas molhadas no café sobre a película;
  • Por cima das bolachas coloque uma camada fina de chocolate, sobre este e no centro um fio grosso de caramelo;
  • De seguida coloque outra camada de bolachas molhadas em café e uma camada de natas;
  • Repetir, camada de bolachas, chocolate, caramelo, bolachas e natas, sendo a última camada de bolachas;
  • Guardar no congelador durante 5 horas;
  • No momento de servir colocamos o gelado numa travessa, retiramos a película, derretemos o chocolate preto com a manteiga, deixamos arrefecer um pouco, cobrimos o gelado com o chocolate e decoramos com bolacha triturada;


9 de julho de 2019

CANELONES RECHEADOS COM CARNE DE COELHO E ESPINAFRES


Desde tenra idade que a carne de coelho faz parte da minha alimentação. As minhas avós faziam criação de coelhos, para venderem no mercado e para consumo.
Muitas das receitas que faço com coelho trazem-me à memória grandes momentos de partilha, afecto e convívio com a família, como por exemplo o delicioso coelho assado no forno com batatinhas novas que a minha mãe fazia e que tento sempre reproduzir com todo o carinho; o Coelho com ervilhas que no Dia da Espiga era o rei à mesa; o Coelho perfumado com alecrim e ervilhas, entre muitas outras.

A carne de coelho é considerada uma carne branca, sendo habitualmente integrada no grupo das aves, apesar de não ter esta classificação. Pelo facto de ser uma carne muito macia , ter um baixo teor de fibras de colagénio e ter pouca gordura  torna-a um alimento ideal para toda as idades.

"Dez razões para incluir a Carne de Coelho no nosso dia-a-dia

1. É uma carne magra, visto ser fornecedora de pouca quantidade de gordura;
2. Não contém ácido úrico, podendo ser uma alternativa para quem deve controlar esse elemento na sua alimentação;
3. Contém uma importante quantidade de minerais como potássio e fósforo.
4. Contém vitaminas do complexo B;
5. É fonte de proteínas de alto valor biológico, necessárias em todas as fases da vida;
6. Apresenta fácil digestibilidade, devido à pouca quantidade de fibras, de colagénio e de pouca gordura;
7. Tem baixo teor de sódio;
8. Apresenta um aporte energético de aproximadamente 117 Quilocalorias por cada 100 gramas;
9. É versátil, existem inúmeras receitas devido à sua presença histórica na tradição mediterrânica;
10. Sempre que se optar por incluir carne de coelho na alimentação, contribui-se para um consumo mais sustentável."
Informação recolhida do Dossier - Produto - ASPOC



A fim de ser promovido o consumo de carne de coelho, está a decorrer a campanha europeia de incentivo ao consumo de carne de coelho, tendo sido convidada a realizar algumas receitas com esta carne tão deliciosa.
A receita que hoje trago é muito apreciada tanto pelos miúdos como pelos mais velhos, é feita com carne de coelho picada, que começou a aparecer no mercado muito recentemente, havendo embalagens com outros cortes, como por exemplo lombinhos, costeletas, pernas, coxas e lombos, facilitando e tornando-a ainda muito mais versátil na sua confeção.



Ingredientes - 6 pessoas
  • 22 canelones usei Milaneza
  • 500 g de carne de coelho picada, 1 embalagem de 4 hambúrgueres de coelho
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • 150 g de bacon, muito picado
  • 1 cebola grande
  • 3 dentes de alho
  • 1 folha de louro
  • 1 ramo de salsa
  • 1/2 pimento vermelho, picado
  • 1 colher de chá de tomilho, usei Margão
  • 1 tomate maduro, picado e pelado
  • 4 colheres de sopa de polpa de tomate, usei Compal
  • 250 g de espinafres, usei dos congelados
  • 1 dl de vinho branco
  • Sal, usei Marnoto
  • Pimenta branca, usei Margão
  • 700 ml de molho bechamel
  • 200 g de queijo ralado
  • Cebolinho, q.b.
Preparação
  • Num tacho coloque o azeite, adicione o bacon picado, deixe refogar uns 3 minutos, junte a cebola e os alhos picados, quando a cebola estiver translúcida adicione o louro, a salsa, o pimento, o tomilho, o tomate picado e a polpa de tomate, deixe apurar;
  • Adicione a carne picada, os espinafres, o vinho branco e tempere de sal e pimenta, envolva e deixe cozinhar lentamente cerca de 20 minutos, retire e deixe arrefecer;
  • Num tabuleiro coloque um pouco do molho da carne e com a ajuda de uma colher de sobremesa recheie os canelones, disponha-os no tabuleiro;
  • Regue-os com o restante molho da carne e o molho bechamel, polvilhe com o queijo ralado, tape com folha de alumínio e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 20 minutos, depois retire o alumínio e deixe cozinhar mais 20 minutos;
  • Retire, decore com cebolinho a gosto;
  • Sirva com uma salada de alface ou rúcula.

Os hambúrgueres são comercializados nestas embalagens




Uma vez mais quero agradecer a confiança e a oportunidade que a campanha europeia de incentivo ao consumo de carne de coelho me concedeu, na divulgação e promoção da carne de coelho.

Na receita utilizei estes produtos de excelente qualidade


4 de julho de 2019

QUEIJO FRESCO ARTESANAL


Adoro queijo fresco, seja de vaca, cabra ou de mistura e sempre que posso sou eu que o faço, aproveito sempre o soro para fazer pão ou biscoitos.
O meu gosto pela marca Tescoma leva-me a visitar a página de vendas online várias vezes, e foi numa dessas pesquisas que vi este conjunto para fazer queijo fresco.

O conjunto é da DELLA CASA - Tescoma, é muito prático e que faz um queijo maravilhoso.
Se quiserem ver a descrição e o respetivo filme basta clicar aqui.

Ingredientes
  • 2 litros de leite gordo, de vaca, cabra ou ovelha
  • 50 ml de vinagre
  • Sal q.b.

Preparação
  • Coloque o leite num tacho, aqueça até atingir os 92º C, retire do lume e adicione o vinagre, mexa e deixe descansar durante 30 minutos;
  • Com a ajuda de um coador muito fino, separe o soro do leite coalhado;
  • Tempere de sal e envolva;
  • Coloque o queijo dentro do copo com o pano branco, coloque a mola em cima e feche;
  • Guarde no frigorífico e depois de 3 horas está pronto a comer;
  • Podemos aromatizar com ervas, azeite, mel, nozes, doce de abóbora, pimenta etc.