ANIMAIS - OS NOSSOS AMIGOS

GATOS DE RAÇA

"Maine Coon - um gigante americano e um selvagem tranquilo.

De acordo com a lenda, o Main Coon seria o fruto do cruzamento de um gato selvagem com um guaxinim (racoon), cruzamento geneticamente impossível, provavelmente imaginado porque a pelagem e a cauda deste gato recordam a do guaxinim.
Originário dos Estados Unidos, Estado do Maine, teria nascido do cruzamento entre gatos Angorá, trazidos do Médio Oriente por marinheiros, com gatos ingleses que vieram com os primeiros colonos, gatos russos e escandinavos e gatos de quinta americanos de pêlo curto. O clima rigoroso desta região dos Estados Unidos moldou este grande gato robusto. Pode ser considerado o primeiro gato de raça americano. Muito embora faça parte das raças mais importantes do mundo, este gato está pouco divulgado na Europa e é muito raro em França, onde foi introduzido em 1981.
A Associação felina do Maine Coon, clube de raça, foi criada em 1987. A raça evoluiu muito nestes últimos anos. Hoje em dia é maior, mais alta e mais selvagem.
Equilibrado e calmo, este "dócil gigante" com bastante força é um gato sociável, muito embora seja dominante mas não agressivo. Afectuoso, está muito ligado aos donos.
Brincalhão, desportista, grande caçador, tem necessidade de espaço. Um grande jardim é mais adequado do que um apartamento. Robusto, consegue resistir aos Invernos mais rigorosos. Puberdade tardia nas fêmeas. O crescimento dos gatinhos é lento e a maturidade só é alcançada por volta dos 3 a 4 anos. Manutenção fácil, requer apenas uma boa escovagem semanal."
Excerto do livro - Gatos de Raça - Royal Canin

Fotos: A minha gata: July

OLHAR PARA O INFINITO
ATENTA E MARAVILHOSA
SEMPRE ADOROU CESTOS E ESTE TAMBÉM NÃO ESCAPOU

O DESCANSO DA GUERREIRA


              
OLHAR TERNO E PROFUNDO



      
O ÚLTIMO DIA DE SOL






A July sempre foi aquela amiga, companheira, brincalhona, sempre presente. Após adoecer gravemente no dia 26 de Novembro, onde perdeu a visão e algum equilíbrio, mesmo com os tratamentos do seu veterinário Dr. Flávio, de Monte Real, ao qual agradeço imenso o carinho e cuidado que sempre teve para com a July, esta não resistiu, piorou ontem, deixou de comer, de beber, ficou com dificuldade em respirar. Faleceu hoje de manhã bem cedo.
Descansa amiga, o teu sofrimento terminou.
Agora que estás junto da Lady e do Spike, brinquem muito e sejam muito felizes.
Um grande beijinho e saudades.
Guardar-vos-ei para sempre no meu coração.

Beijinhos